quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Durão Barroso nega direitos à língua catalã na UE

O Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, considerou ontem em Barcelona que será difícil a adopção pelos 27 de novas línguas oficiais na União Europeia.

Numa entrevista, Barroso explicou que a dificuldade resulta da regra da unanimidade no regime linguístico da UE, o que na prática inviabilizará as aspirações catalãs de ver a sua língua entre as aceites no clube.

Embora não seja uma das línguas oficiais da União, desde 2005 que o catalão pode ser utilizado nas instituições europeias. Barroso defendeu que há "outras formas pragmáticas" de consolidar uma língua. O Presidente da Comissão usou o catalão no início e final da entrevista.

Fonte: http://dn.sapo.pt/inicio/globo/Interior.aspx?content_id=1345421&seccao=Europa

Sem comentários:

Enviar um comentário