domingo, 19 de julho de 2009

Ortografia da TVI

Sobe a madrugada e os programas televisivos que usam a Palavra como a base dos seus enigmas atacam os nossos lares desprevenidos. Acontece que assisti a um caso bastante curioso, o que me fez questionar se a TVI estará na vanguarda da ortografia. Vejamos:

O objectivo é escolher a letra do nosso alfabeto que vá de encontro às duas palavras incompletas, tanto a horizontal como a Palavra-Chave, a vertical, em azul.
A hipótese que pensei como possivelmente certa foi a letra F, completando as duas palavras 'FALE' (verbo) e 'FATO' (substantivo). Quando esta foi sugerida no programa, a senhora não a aceitou.
Uma das pistas que a apresentadora deu, como é usual fazer, foi a referência a uma 'planta que pica', que não é uma rosa, mas 'tem espinhos' e que começa pela terceira letra do alfabeto. Ora, ou a senhora utilizou o argumento errado, ou a TVI está na vanguarda da ortografia, fazendo cair o C mudo da palavra CACTO, entrando de cabeça, provavelmente sem qualquer ideia disso, no novo Acordo Ortográfico. Vejamos o que diz o famoso Priberam:

cacto (át)cato (át)
s. m.
Género de plantas cactáceas que compreende espécies muito diversas.

Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: cato
Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: cacto

O regulamento do programa, disponibilizado no site da estação, como seria de prever, não se pronuncia sobre o assunto da ortografia. E alguém finalmente lá sugeriu o C e a senhora, actuando quase em êxtase religioso, la mostrou o envelope que mostrava que a palavra secreta era, de faCto, 'CALE'. Imagem que infelizmente não consegui captar.

Para a senhora e para os arquitectos deste enigma, aqui ficam algumas sugestões para argumentar sobre esta palavra e não induzir as pessoas em erro (não entremos em discussões sobre as características de quem assiste a estas emissões e outras que tais):

cato
s. m.
Extracto! do lenho de uma árvore indiana.
Terra japónica.
Catechu.

ou ainda

1ª pess. sing. pres. ind. de catar.

O enigma é passível de ser ganho, mas os argumentos utilizados foram os errados. Ou isso, ou esclareçam-nos sobre qual a ortografia utilizada.
TVI, na vanguarda da ortografia.


2 comentários:

  1. Nem mais. Mais uma contra o "Abaixo o Acordo"! PIM!

    ResponderEliminar
  2. Não é vai 'de' encontro mas 'ao' encontro. Se é tão esperto deveria saber algo básico como isso. E caso não saibam, pelo menos no Brasil essa nova regra do acordo é também 'estúpida' pois cacto escreve-se CACTO, tal q qual.
    Quanto ao erro da TVI é mesmo mal mas para quem vê esses programas...

    ResponderEliminar